May 10, 2013

Serviço de Apoio Domiciliário

O Serviço de Apoio Domiciliário é uma valência da Santa Casa da Misericórdia de Mora, enquadrada no

Apoio Domiciliário

Serviço de Apoio Domiciliário

Departamento de Gerontologia/Geriatria e constitui uma resposta social organizada, visando prestar cuidados individualizados e personalizados no domicílio, a indivíduos e/ou famílias que por motivos de dependência, deficiência ou outro impedimento, não possam assegurar, temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ou instrumentais de vida diária.
A Santa Casa da Misericórdia de Mora celebrou um acordo de cooperação com o Centro Distrital da Segurança e Solidariedade Social de Évora, para a prestação de Serviço de Apoio Domiciliário a 50 utentes.

Missão

Promover o bem-estar do idoso, em todas as suas vertentes (bio, psíquico e social), visando a sua autonomia e integração social.

Visão

Pretendemos ser reconhecidos pela abordagem multidisciplinar e pela qualidade dos serviços prestados, com vista à satisfação das necessidades e expectativas dos nosso utentes e pelo desempenho qualificado de todos os nossos profissionais e colaboradores.

Valores

Observando os princípios da proximidade e continuidade dos cuidados, são valores do Serviço de Apoio Domiciliário:

  • O respeito pela individualidade e privacidade do utente;
  • Promover a ética e a qualidade dos serviços prestados;
  • A promoção da autonomia do utente;
  • A multidisciplinaridade dos serviços prestados;
  • A responsabilidade social;
  • Dar respostas individualizadas e adaptadas às diferentes necessidades dos utentes, quer sejam de ordem básica e/ou instrumental.

O  S.A.D. tem como objectivos gerais e específicos:

  • Objectivos gerais:

    • Contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos indivíduos e das famílias;
    • Contribuir para retardar e/ou evitar a institucionalização;
  • 2 – Objectivos específicos:

    • Assegurar aos indivíduos e famílias a satisfação das necessidades básicas e instrumentais de vida diária;
    • Prestar cuidados de ordem física e apoio psico-social aos indivíduos e famílias, de modo a contribuir para a sua autonomia, equilíbrio e bem estar;
    • Colaborar na prestação de cuidados de saúde e reabilitação

Condições de Admissão do Utente

Para a admissão dos utentes, será tido em conta:

  • O diagnóstico das necessidades após avaliação personalizada;
  • A área de residência;
  • O estado físico, mental e social do indivíduo;
  • O contexto familiar e social, revelador de ausência de suporte;
  • Serão priorizados os utentes em risco de isolamento social;

Regulamento Interno

Regulamento Interno SAD

Relatório Inquérito Satisfação Utente

Relatório Inquérito Satisfação Utente do serviço de apoio domiciliário Out13